ENFERMAGEM

O Profissional

O Técnico de Enfermagem é o profissional que atua, em conjunto com o enfermeiro, na prestação de cuidados aos pacientes em situações críticas e emergenciais, em todas as unidades hospitalares. Sua principal atividade é realizar procedimentos de média complexidade, sob a supervisão adequada, e oferecer cuidados básicos aos pacientes. Muitas são as possibilidades de atuação deste tipo de profissional, mas algumas atividades estão no escopo de trabalho de qualquer técnico em enfermagem, como:

 

  • Zelar pelo conforto e bem-estar do paciente.
  • Organizar o ambiente de trabalho.
  • Garantir práticas adequadas de segurança.
  • Ajudar na promoção da saúde das famílias.
  • Elaborar relatórios técnicos.
  • Cuidar da rotina com os pacientes, administrar vacinas, nebulizações, banho de leito e medicamentos, verificar sinais vitais e realizar mensuração antropométrica.

Para atuar como Técnico em Enfermagem, o interessado precisa ter o nível médio completo, concluir um Curso Técnico em Enfermagem e, posteriormente, obter o registro profissional no Conselho Regional de Enfermagem (COREN) do seu Estado de atuação.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o auxiliar e técnico em enfermagem não se restringe apenas aos hospitais. O profissional pode atuar em postos de saúde, clínicas, redes ambulatoriais, unidades básicas de saúde, creches, consultórios médicos, unidades de diagnóstico e laboratórios de análises clínicas, instituições de ressocialização, abrigos, spas, casa de repouso, ambulatórios de empresas, atendimento em domicílio, dentre outros.

 

MERCADO DE TRABALHO:

 

Com o crescimento da expectativa de vida dos brasileiros, de 75 para 81 anos, e o crescente interesse em serviços e produtos que estejam ligados à qualidade de vida, bem-estar e saúde, o número de profissionais atrelados à área da saúde cresce de forma exponencial. Segundo pesquisas, a cada cem novas vagas de emprego para profissionais de nível técnico, vinte e cinco serão ocupadas por profissionais ligados à área da saúde.

Não existe um salário mínimo profissional único para Técnicos em Enfermagem no Brasil. Os valores dependem dos acordos firmados entre os sindicatos de cada Estado e os órgãos empregadores.

No Brasil, a média salarial de um Técnico em Enfermagem é de R$ 1.825,00. Também é importante ressaltar que há uma variação nos salários da rede pública e privada.

(Fonte: https://www.catho.com.br/profissoes/tecnico-em-enfermagem).

Certificação

Ao aluno que concluir a prática profissional, os sete módulos apresentados na Matriz Curricular com aproveitamento plenamente satisfatório e comprovar a conclusão do ensino médio, será conferido o Diploma de Técnico de Nível Médio em Enfermagem, com validade nacional, reconhecido pelo COREN.

Módulo I – Básico: 250hs

  • Anatomia e Fisiologia Humana
  • Microbiologia e Parasitologia
  • Introdução à enfermagem
  • Noções de Farmacologia

Módulo II – Clínica Médica: 250hs

  • Enfermagem em Clínica Médica
  • Psicologia Aplicada à Enfermagem
  • Enfermagem em Saúde Pública
  • Farmacologia Aplicada à Enfermagem I

Módulo III – Clínica Cirúrgica: 225hs

  • Enfermagem em Clínica Cirúrgica
  • Enfermagem Materno-Infantil
  • Enfermagem em Centro Cirúrgico e CME
  • Farmacologia Aplicada à Enfermagem II

Módulo IV – Pronto Socorro: 250hs

  • Enfermagem na Assistência ao Paciente Crítico I
  • Enfermagem em Oncologia
  • Enfermagem em Nefrologia
  • Enfermagem em Neonatologia
  • Cálculos em Farmacologia I

Módulo V – U.T.I: 250hs

  • Psicologia Organizacional
  • Enfermagem na Assistência ao Paciente Crítico II
  • Administração Aplicada à Enfermagem
  • Enfermagem em Neurologia
  • Enfermagem em Cardiologia
  • Inovação e Melhoria Contínua
  • Cálculos em Farmacologia II
  • Enfermagem em Geriatria

Módulo VI – Estágio: 200hs